Cabecalho

24 fevereiro 2011

Resenha da Aline: Atendimento na Contém 1g

Hj é quinta, dia de resenha aqui no Testando, que será um pouco diferente.


A Aline q já participou do blog, enviou um e mail contando como foi atendida na contém 1g, apesar de não falar sobre um produto como nas resenhas, achei q colocar aqui seria muito interessante pq eu já passei por isso e acredito q muitas de vcs tb…



images


"Vou te contar uma coisa engraçada e desagradável que aconteceu comigo ontem.


Fui passear no Shopping e passando em frente a Contem 1g resolvi entrar para admirar os produtinhos. Eu já tive alguns produtos da contem 1g e todos foram horríveis, mas as embalagens são foféérimas.


Eu estava na parte de corretivos, pós e bases. uma mocinha muito simpática e MUUIITO MAQUIADA (horrivelmente maquiada) veio me atender e me mostrou diversos produtos.


Eu queria ver a base em creme, porque a minha pele é seca, e as bases em pó sempre craquelam mas ela insistiu em me mostrar base em pó mineral.


Depois dela falar tudo o que eu já sabia (fato perdoável)


Ela me arrastou pra cadeira de maquiagem para demonstrar o produto em minha pele (fato parcialmente perdoável).


Foi ai que o fato lamentável começou: Ela começou a me maquiar, sem eu ter pedido. Isso mesmo: limpou a minha pele, passou o Primer, e começou a fazer a maquiagem. O detalhe que me deixou "emputecida" e perdoe-me a expressão foi que ela passou o corretivo em pó dentro do meu olho. PUTA FALTA DE CUIDADO! ainda mais que eu uso lentes de contato e fiquei com o olho super vermelho!


Não suficiente essa falta de cuidado, a maquiagem ficou HORRIVEL!


Eu odeio aquele tipo de maquiagem que aparece MUIIITO que vc esta maquiada, principalmente, quando a situação/local/tempo não permitem o uso de maquiagem carregada: Lembrando que eu estava em um domingo a tarde no shopping! Sabe quando vc vê de longe o "mata borrão" no rosto... aquele pó mal passado, aquele corretivo mal espalhado. Fiquei muito chateada com toda a situação.


Embora a mocinha tenha sido bem simpática, ela foi bem descuidada e estava totalmente despreparada para maquiar alguém. PÉSSIMO!


Acho que a Contem 1g deveria orientar melhor suas vendedoras.


Já não gostava muito da contem 1g pq os produtos sempre me decepcionaram.


Mas enfim!


beijos"




Pitaquinho: Eu não sei vcs, mas quando vou em uma loja assim como a contém, o botica, água de cheiro, entre outras, já tenho exatamente em mente aquilo q quero.


Eu pesquiso antes de sair de casa, vejo resenhas em outros blogs, procuro outras opiniões e sugestões.


Comecei a fazer isso pq não aguentava mais me empurrarem produtos "errados" para aquilo q eu buscava.


Na contém sempre encontrei vendedoras super simpáticas (o q nem sempre aconteceu no botica), mas às vezes o ajudar pode se tornar sufocar as compradoras, ai saímos correndo.


Hj em dia pesquisamos muito, além disso como a Aline mesmo comentou, ela sabia qual base iria funcionar na sua pele, mas talvez pela mineral ser mais cara (e a marca instruir a vender assim) a vendedora transformou seu passeio em pesadelo e agora com certeza ela irá correr da contem por um bom tempo!


Acho q está mais do q na hora das marcas acordarem e mudarem um pouco o seu atendimento.


Quem vai na loja pode ser marinheira de primeira viagem que precisa realmente do bé a bá, ou pode ser uma pessoa que sabe o q procura e precisa apenas de algumas informações ou então e aquela que já sabem direitinho o pq está ali e só querem comprar!


Fora isso, concordo em gênero, número e grau que todas as atendentes deveriam estar menos maquiadas…


Eu acredito q se melhorassem o atendimento (menos sufocante ou irritante), uma passada no shopping "de bobeira", poderia virar alguma comprinha para eles.


O problema não é somente na contém, acredito q quase todas as marcas pecam nisso, duvido que tenha alguma paulista que está lendo esse post que nunca se irritou no ikesaki (principalmente pela forma de abordagem das vendedoras).


Muitas vezes menos é mais…


Aline obrigada pela sua resenha!



bjs