Cabecalho

10 fevereiro 2011

Resenha do Carlos…um filtro solar aprovado e outro não da Banana Boat!

Bem sei q acabei postando bem pouco essa semana, mas prometo q encontrei uma série de coisas bacanas, q pretendo colocar aqui assim q a minha máquina colaborar rs.

Enquanto isso, vou colocar a resenha aqui do Carlos novamente, que testa sempre os filtros solares e divide a sua opinião com a gente!

Vamos lá:

 

Banana Boat Sun Wear FPS 50 177ml R$ 55,90

1

Minha busca pelo protetor solar ideal finalmente deu resultado. Por um bom tempo eu deixei de procurar outro protetor solar. Este protetor é sequinho E relativamente barato (depois explico porque relativamente). Bom, comprei este protetor depois de muita pesquisa em sites gringos de review (de boa, acho que ninguém aqui no Brasil usou esse protetor), e depois de ter experimentado o Minesol e o Vichy Soleil. Aliás, só comprei depois que o Soleil acabou, porque se não funcionasse no rosto, era mais um protetor solar para o pescoço. Segundo a embalagem, possui o complexo AvoTriplex, que é estável mesmo sob exposição solar (semelhante ao Helioplex da Neutrogena), e possui um complexo “AgeDefying” (vitaminas A e E basicamente). Na embalagem não há nenhuma indicação de que seja facial. No site da Banana Boat ele não existe mais (medo), espero que não saia de linha tão rápido.

Eu gosto muito deste protetor. Mas vamos com calma. Ele arde sim quando vc passa (semelhante ao Minesol). A textura dele é bem fluida, tanto que até fica difícil de passar a quantidade correta de produto (o correto é usar 1g para o rosto e 1g para o pescoço; quem costuma usar beeem pouquinho, ao ponto de um frasco de 50ml durar uns 2 meses, saiba que a proteção cai exponencialmente se vc não usa a quantidade que os laboratórios utilizam nos testes de determinação do FPS – se, por exemplo, você utiliza 0,5g de um protetor solar FPS 50, a proteção não é 25, mas sim 7!!!, ou seja, você está lambuzando sua cara por nada). O cheiro dele é bem marcante (eu gosto). Tem um fundo musk. Este cheiro fica o dia todo, por isso se vc não gostar do cheiro, talvez seja um problema. Assim que vc passa o protetor, a pele fica um pouco oleosa. Aliás, tem que espalhar bem o produto para não ficar com o rosto esbranquiçado. Mas depois de uns 5 min (sim, demora um pouco), a pele fica muito gostosa ao toque. Isso tudo por causa da sílica no produto. O produto não controla a oleosidade, então depois de algumas horas a pele fica oleosa, mas vale muito a pena. Reaplico na hora do almoço sem problema nenhum, pois não deixa aquela sensação pesada na pele. Não senti que me causou espinhas. Quanto ao preço, são R$ 55,90 por 177ml de produto. Geralmente os protetores faciais estão nesta faixa de preço, mas vêem com apenas 50ml, por isso ele é muito barato. No entanto, o preço poderia ser melhor. Nos States, ele custa menos de $ 10, ou seja, menos de 20 reais. Taí o custo Brasil. O problema deste protetor é que não é fácil de achar. Algumas farmácias trabalham com ele sob encomenda, mas são poucas que tem ele na gôndola.Outro problema que percebi é quanto a pele sensível. Estou no fim do segundo frasco, e agora que comecei a usar ácidos mais fortes, a ardência está mais pronunciada. Para quem não usa ácidos, ou não tem a pele tão sensível, eu super recomendo.”

 

E para complementar:

 

Banana Boat Ultra Defense FPS 50 237ml R$ 46,90

2

Este é o primo pobre do Sun Wear. A fórmula é muito parecida, a única diferença é a ausência da sílica neste produto. Infelizmente ele não deixa a pele sequinha (ou seja, no rosto não ficou legal). Este protetor não tem perfume (apenas um cheiro característico de protetor). Não deixa resíduo branco, tem a textura bem fluida, mas não absorve totalmente. Para usar no pescoço ele é bom. Segundo a embalagem, possui o complexo AvoTriplex, que é estável mesmo sob exposição solar (semelhante ao Helioplex da Neutrogena). Tentei usar nas mãos também, mas como deixa um resíduo oleoso, não rolou. Tudo que eu colocava a mão acabava ficando manchado. Definitivamente não vou comprar de novo quando acabar. Não achei que ele causou espinhas no pescoço.”

 

Pitaco: Carlos fiquei muito contente em saber q existe um protetor com essa tal silica, normalmente presente em muito primer por ai, agora fiquei curiosa pq realmente o preço compensa…é um produto bem interessante, uma pena no Brasil ter sempre essa dificuldade (e aumento de preço), mas ainda deve valer a pena.

Uma tristeza quando a mesma marca consegue fazer a gente ama-la e depois perder todo o brilho nos olhos com um produto tão similar…

De qualquer forma, muito obrigada mesmo pelas resenhas, são ótimas pq além dos detalhes do produto, vc colocou muita coisa interessante q eu desconhecia (assim como muita gente q vai ler como a quantidade do produto), então mais uma vez: Muito obrigada e sinta-se sempre a vontade para resenhar o q vc quiser e dividir com a gente!

 

Quem quiser participar tb, basta enviar a resenha por e mail para: blogtestando@hotmail.com que eu sempre publico por aqui nas terças e nas quintas!

 

bjs