30 setembro 2011

Cabelos: O que serve para que

Estava lendo uma reportagem da Gloss desse mês, então parei para pensar: Será que realmente sei o que cada produto capilar faz?


Pesquisando um pouco mais, me surpreendi como sabemos muita coisa pela intuição, mas o motivo real entre a diferença da nomenclatura nem imaginamos (e muitas marcas tb).


Vamos lá então:


1


Creme de pentear e leave in


Leave in: significa "por cima", não penetra nos fios, age apenas na sua superfície. Sua textura é leve com pouca viscosidade. Hidrata e desembaraça, mas em uma versão mais suave, e tb pode ajudar a modelar os fios. Utilizado para finalizar penteados.


Creme de pentear: promove maior desembaraço e hidratação, já que penetra na fibra capilar, porém possui uma textura mais pesada. Utilizado com maior frequência na pós hidratação, indicado para cabelos secos, ressecados e quimicamente tratados.


Dica: passe uma quantidade pequena, muito produto acaba deixando os fios pesados e oleosos, sempre do meio para as pontas (nunca na raiz).


1


Protetor térmico e Defrisante


Protetor térmico: reduz os danos provocados pelo calor do secador e da chapinha.


Dica: para saber se a termo proteção é boa, passe um pouco na pele e coloque o secador próximo, qto menos calor ele passar melhor para seus fios


Defrisante: facilita a escovação, reduzindo o volume e diminuindo o frizz, sela as cutículas dos fios.


Dica: os ideais levam na sua formulação óleos naturais já que os minerais fritam os fios.


Cuidado: nem todo defrisante é termo protetor e vice versa, quem tem um cabelo bem armado pode se jogar no defrisante, mas antes de se jogar no secador verifique a sua termo proteção. Tem muitos por ai no mercado sem essa proteção, logo vc passa pensando que está protegendo o fio, mas na verdade está usando um produto para outra finalidade.


1


Reparador de pontas/sérum e silicone


Reparador de pontas: deixa o cabelo mais macio e com brilho, além de "unir" temporariamente as pontas duplas, retira o aspecto espigado dos fios. Ajudar a domar o frizz.


Silicone: foi um dos primeiros ativos usados como reparador, logo tem gente que acabou gravando seu nome na cabeça, mas a modinha passou e o novo ativo da vez é o óleo de argan.


Cuidado: o silicone impede o cabelo de respirar, então use com moderação, essa película que ele forma no fio precisa regularmente ser retirada com shampoo anti-resíduos. Nesse caso opte por reparadores mais leves e com menos silicone.


1


Cera e mousse


Cera ou pomada: modelam os fios e pode ser a base de água (mais secas para cabelos finos) ou a base de óleo (mais moles para fios encorpados). Usado nos cabelos secos.


Mousse: além de modelar os fios de forma mais leve, promove volume, com fixação forte ou suave. Usado nos cabelos úmidos ou secos.


Dica: anti resíduos pelo menos uma vez por semana.


A diferença entre as máscara de hidratação, reconstrutora e nutritiva eu já postei aqui essa semana.


Fontes para o post: Bolsa de Mulher e Gloss.